DATAVIZ
OBSERVACIONAL

Dê um UPGRADE nas suas pesquisas observacionais com o OMOP

Publicado em: 20/06/2020
Escrito por: André Santos
Tempo de leitura: 2 minutos

Abaixo reproduzimos o texto enviado pela Maria Tereza Fernandes Abrahão, uma das embaixadoras da OHDSI no Brasil.


A iniciativa da Observational Medical Outcomes Partnership (OMOP) em conjunto com a sua sequência, a Observational Health Data Sciences and Informatics (OHDSI), redefiniram a área de pesquisa observacional em dados de saúde trazendo a possibilidade de realizar análises sistemáticas em grandes massas de dados (big data), provindas de diversas fontes, através da definição de um modelo comum de dados, de mecanismos para tratamento de diferentes vocabulários, e da disponibilidade de ferramentas de software livre para análise dos mesmos.

Com este conjunto, espera-se alavancar a geração de evidências na área médica e avaliação de terapias e procedimentos no mundo real, para apoiar a pesquisa clínica em geral.

A missão do OHDSI é melhorar a saúde, capacitando uma comunidade a gerar de forma colaborativa, as evidências que promovem melhores decisões de saúde e melhores cuidados. Tem como visão, um mundo em que a pesquisa observacional produz uma compreensão abrangente de saúde e doença, que pode ser alcançada por meio de objetivos de inovação, reprodutibilidade, comunidade, colaboração e compartilhamento.

Os colaboradores estão focados em padrões de dados da comunidade aberta, pesquisa metodológica, desenvolvimento de análises de código aberto e aplicativos clínicos para melhorar a jornada dos dados às evidências. A comunidade pode ser vista como uma “comunidade de ciência aberta”, que busca ativamente a interoperabilidade e a reprodutibilidade da geração de evidências médicas.

Defende uma mudança de paradigma do estudo único e da pesquisa médica de estimativa única para a geração sistemática de evidências em larga escala, onde fatos como ocorrência da linha de base são conhecidos e as evidências se concentram em estimar estatisticamente os efeitos de intervenções e tratamentos de fontes de saúde do mundo real.

Em março, a OHDSI sediou um estudo virtual para auxiliar a tomada de decisões em saúde como resposta à atual pandemia do novo coronavírus, a COVID-19.

Mais de 350 pessoas de 30 países se inscreveram para colaborar neste estudo de 88 horas, concluído em 29 de março com a apresentação de vários estudos, que leva a anunciar projetos e descobertas preliminares. Os resultados estão sendo avaliados no momento e os artigos estão sendo enviados aos periódicos para revisão por pares. Esse video mostra um resumo do que foi feito e seus resultados.

Mais detalhes sobre o evento estão disponíveis nos links:


Roteiro Study-A-Thon OHDSI COVID 19